Comunidade Educativa

Voluntários da Bunge promovem ações de solidariedade durante pandemia da COVID-19

08 de abril de 2020
5

Doações e contação de histórias fazem parte das iniciativas dos voluntários do Comunidade Educativa, programa de voluntariado corporativo coordenado pela Fundação Bunge nos municípios onde a Bunge está presente

Em meio à pandemia da COVID-19, com uma série de atividades paralisadas e o isolamento em massa da população, iniciativas solidárias têm ganhado força, especialmente voltadas para aqueles que se encontram em maior vulnerabilidade social.

Em Uruçuí (Piauí), o grupo de voluntários doaram materiais para produção de máscaras e jalecos para o hospital local. Houve também doação de material de limpeza e kit de pintura infantil para famílias do município. Na unidade da Bunge, livros do acervo Semear Leitores, que são utilizados em ações voluntárias em escolas e outras instituições, foram disponibilizados para que os funcionários possam levar para casa e ler junto com seus filhos.

Voluntários da Bunge Sede, na capital de SP, doaram produtos de limpeza e higiene pessoal para idosos da Casa Madre Teodora e frequentadores da Missão Paz.

A Missão Paz é uma instituição de apoio e acolhimento a imigrantes e refugiados na cidade de São Paulo e além dos produtos, receberam dois vídeos de voluntários contando histórias, em espanhol, para as crianças.

Já em Rondonópolis (MT), a doação de cestas básicas e produtos de higiene e limpeza foi destinada à Secretaria de Assistência Social que fará a distribuição entre famílias em situação de vulnerabilidade social. Junto com as doações foi enviado um vídeo com uma mensagem de apoio para esse momento tão desafiador.

Os voluntários de Santos (SP), se organizaram para fazer doação de sangue. E de forma segura e individual, colaboraram com o banco de sangue da Santa Casa de Santos. Doaram também, alimentos para a creche Estrela Guia. A instituição está fechada e as crianças em casa, mas muitos pais estão indo buscar alimentos na creche, pois falta mantimento em casa.

Em Suape (PE), os voluntários doaram cestas básicas para as entidades Gris Espaço Solidário e Casa Maria de Lourdes, além de atender famílias da comunidade Vila Maria Manchete.

Na cidade de Gaspar (SC), cestas básicas e produtos de limpeza e higiene pessoal foram doados para a Secretaria de Assistência Social que atende famílias em situação de vulnerabilidade.

O grupo de voluntários em Ponta Grossa (PR), doou chocolates para adoçar a Páscoa das crianças das entidades Pequeno Anjo e Francisclara. As crianças receberão também vídeos dos voluntários contando histórias. Também no Paraná, voluntários de Paranaguá, doaram cestas básicas para famílias que dependem do trabalho informal, e que, durante a quarentena, não estão conseguindo exercer suas atividades.

Em Tocantins, voluntários da unidade da Bunge em Pedro Afonso, doaram cestas básicas para a capela Santo Afonso que fará a distribuição para famílias da comunidade local. Já em Orindiúva (SP), as doações de cestas básicas foram enviadas para um lar de idosos e para a APAE.

Além de todas essas atividades e doações, os voluntários do Comunidade Educativa também participam da rede de histórias intitulada “Toda história é uma carta de amor”, iniciativa da Fundação Bunge que tem o objetivo de levar histórias e “aquecer corações” durante esse período de isolamento social. Os voluntários podem gravar vídeos apresentando livros e histórias, compartilhar experiências emocionantes vividas nas ações voluntárias, enfim, usar sua criatividade e fortalecer essa rede.