Fundação Bunge promove ‘lives’ com escritores e contadores de histórias

23 de março de 2020
Todahistóriaeumacartadeamor Site

Transmissões acontecerão até 29 de março, em dias intercalados, sempre às 11h

Em tempos de isolamento por conta da pandemia do novo coronavírus, a Fundação Bunge criou, no Dia do Contador de Histórias, uma rede de leitura em que escritores, contadores de histórias, mediadores de leitura e voluntários do programa corporativo da Bunge compartilharão suas experiências no Facebook.

O objetivo da iniciativa é usar a literatura para conectar pessoas durante o período de resguardo de uma maneira interativa. As ‘lives’ acontecerão entre 21 e 29 de março, em dias intercalados, sempre às 11h, com a mediação de um especialista no tema.

Promotora do hábito de leitura e contação de histórias, a Fundação Bunge possui o programa Semear Leitores, que visa estimular o contato da criança com os livros de maneira prazerosa. Para isso, a entidade, em parceria com poder público ou empresas parceiras, aposta na oferta de espaços acolhedores e lúdicos, projetados especialmente para facilitar o acesso aos livros.

Outro programa da Fundação Bunge relacionado à ação é o Comunidade Educativa, que estimula colaboradores da Bunge a valorizarem o trabalho comunitário em municípios onde a empresa está presente. A iniciativa conta com mais de 700 voluntários, de 14 localidades, que tem até 2 horas semanais de trabalho para desenvolver atividades lúdicas e culturais em escolas, abrigos de crianças e idosos, espaços comunitários e os espaços de leitura Semear Leitores.

Confira a programação das ‘lives’:

21/3 – 11h – Kiara Terra - escritora, contadora de histórias e criadora do método “A História Aberta”. Formada em Teatro no Célia Helena Teatro-escola e Comunicação das Artes do Corpo na PUC-SP, Kiara viaja desde 2010 formando educadores, participando de congressos de educação e aulas interativas.

23/3 – 11h – Kelly Orasi - contadora de histórias desde 1998, uma das fundadoras do Curso Básico de Formação de Contadores de Histórias na Biblioteca Hans Christian Andersen, no qual atuou como coordenadora e professora. É docente do curso de Pós-graduação “A Arte de Contar Histórias” na disciplina “O Objeto na Performance Narrativa”.

25/3 – 11h – Arte Negus – grupo fundado em 2007 que soma comicidade, oralidade e os saberes populares como campo de referência estética e conceitual. O grupo realiza atividades artísticas em diferentes segmentos, sendo eles Artes Cênicas, Narração de Histórias, Artes Visuais e Literatura.

27/3 – 11h – Leandro Calado – palhaço e cofundador da Cia Mimicalado, que nasceu em 2002 e já se apresentou em diversos circos pelo mundo. A intenção do projeto é levar arte com muito carinho e respeito pelo público, acreditando na transformação em contato direto com o espectador.

29/3 – 11h – Samara Rosa – contadora de histórias e bonequeira. Responsável pela página “Rosas Negras”, de bonecas de pano negras e sobre representatividade na infância.

Link para página: https://www.facebook.com/bungefoundation