25 anos do Centro de Memória Bunge

10 de setembro de 2019

Para celebrar vamos falar sobre guarda e preservação da memória, disseminação do conhecimento e utilização de acervos como ferramentas estratégicas de gestão

O Centro de Memória Bunge está celebrando 25 anos e para comemorar,  no dia 30 setembro, teremos uma mesa de debate para falar sobre guarda e preservação da memória, disseminação do conhecimento e utilização de acervos como ferramentas estratégicas de gestão.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

9h -Café de Boas-Vindas

9h30 - Abertura

9h45 – Como foi criado o Centro de Memória Bunge e quais caminhos foram percorridos para instituí-lo, com Carlo Lovatelli, presidente do Conselho Administrativo da Fundação Bunge.

10h – A importância da estruturação de acervos empresariais para as corporações e para a sociedade, com Lygia Rodrigues, diretora executiva da Associação Brasileira de Memória Empresarial (ABME).  

10h15 – A pesquisa acadêmica em acervos empresariais no Brasil, com Alexandre Macchione Saes, professor do Departamento de Economia da FEA/USP e do Programa de Pós-Graduação em História Econômica da FFLCH/USP.

10h30 – Como o acervo do Centro de Memória Bunge é utilizado pelas áreas de negócios da Bunge, com Júnior Justino, Diretor Comercial na Bunge South America.

10h45 – 25 anos do Centro de Memória Bunge e seus principais marcos na valorização do passado para a construção do futuro, com Cláudia Buzzette Calais, diretora executiva da Fundação Bunge. 

11h – Debate

11h20 – Encerramento e visita da mostra Há História em Todos Lugar: Centro de Memória Bunge 25 anos. 

 

CONHEÇA OS DEBATEDORES:

Carlo Lovatelli é bacharel em Física pela USP, com especialização em Física Nuclear e pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV, com especialização em Administração Financeira e Marketing. Foi executivo da Bunge por mais de 30 anos e presidiu diversas entidades ligadas ao agronegócio brasileiro como a ABAG – Associação Brasileira de Agribusiness e a ABIOVE – Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais. Atualmente é presidente do Conselho Administrativo da Fundação Bunge e membro da COSAG – Conselho Superior do Agronegócio – FIESP, do Fórum Nacional da Indústria da CNI – Confederação Nacional da Indústria e do Conselho de Competitividade Setorial de Agroindústria – Plano Brasil Maior (MDIC). É Vice-Presidente do Conselho e Diretor do Mozarteum Brasileiro e coordena o projeto Música em Trancoso. É membro do conselho do MASP – Museu de Arte de São Paulo.

Lygia Rodrigues, é historiadora formada pela USP, mestre em Sociologia pela PUC-SP, pós-graduada em Arquivologia pela UFF-RJ, especialista em Gestão Cultural pela PUC-SP e em Museologia, Colecionismo e Curadoria pela Faculdade Belas Artes de São Paulo. Atuou como consultora da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) em projetos de organização de acervos públicos. Trabalha nas áreas de cultura e de história empresarial e é diretora executiva da Associação Brasileira de Memória Empresarial (ABME). 

Alexandre Macchione Saes, é professor do Departamento de Economia da FEA/USP e do Programa de Pós-Graduação em História Econômica da FFLCH/USP. Possui graduação em Ciências Sociais pela UNESP/Fclar (2003) e Doutorado em História Econômica pelo Instituto de Economia da Unicamp (2008). Ministra as disciplinas de História Econômica e Formação Econômica do Brasil no Departamento de Economia e suas pesquisas gravitam nos temas da história do setor elétrico brasileiro, do pensamento econômico do Brasil e da metodologia e ensino de história econômica. Foi presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica - ABPHE (2015-17), é coordenador do curso de Economia da FEA/USP e Vice-Diretor da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - BBM/USP.  

Junior Justino, é engenheiro Mecânico com Doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Diretor Comercial na Bunge South America, tem mais de 20 anos de experiência, sendo 16 anos dedicados à Bunge, onde desempenhou papéis fundamentais nas áreas de logística, vendas e marketing, desenvolvimento de novos negócios e planejamento estratégico, atuando principalmente no crescimento, turnaround, melhoria da eficiência e alianças e aquisições. 

Claudia Buzzette Calais, é jornalista graduada pela Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, pós-graduada em comunicação empresarial pela Fundação Cásper Líbero, com MBA em Gestão em Sustentabilidade pela Fundação Getúlio Vargas. Nas suas atividades profissionais sempre se dedicou às questões voltadas às áreas de responsabilidade social e sustentabilidade. Iniciou suas atividades na Bunge em 2001 e atualmente é Diretora Executiva da Fundação Bunge, entidade social que desenvolve projetos nas áreas socioambiental, incentivo à excelência e ao conhecimento sustentável e preservação da memória.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO: https://pt.surveymonkey.com/r/Inscricoes_ha_historia_em_todo_lugar