Bate-papo com Lauro Bacca, José Marengo e Juarês Aumond, durante gravação do debate Impactos do Clima no Sul do país - Podcasts - Interatividade - Fundação Bunge
Texto

Interatividade

PodcastPodcasts envie a um amigoenvie para um amigo

Bate-papo com Lauro Bacca, José Marengo e Juarês Aumond, durante gravação do debate Impactos do Clima no Sul do país


Publicado em 19/11/09 às 17h00

No dia 16 de novembro de 2009 aconteceu a gravação do debate “Impactos do Clima no Sul do país”, realizado pela Fundação Bunge, Canal Futura e FURB TV. Acompanhe bate-papo entre Lauro Bacca, ambientalista e professor da Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB; José Marengo, meteorologista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE; e Juarês Aumond, geólogo e professor da Universidade Regional de Blumenau. O Debate será exibido pelo Canal Futura no dia 24 de novembro, às 12h30, com reprise às 17h30 e 21h30.

download Comente | Comentários (1)


ComentáriosComentar

Os comentários divulgados no site da Fundação Bunge são de responsabilidade dos usuários e não refletem os valores da Fundação Bunge.

Enviado em 25/11/09 às 12h55

Rafael Abreu

rafael.tj.sp@gmail.com

Vamos imaginar o planeta como um lago. Se forem respeitada as devidas proporções o lago conseguirá manter uma certa quantidade de peixes, produzindo o alimento consumido por eles, o oxigênio e mantendo perfeitamente equilíbrio químico e biológico do ambiente. Agora se nesse mesmo lago, perfeitamente equilibrado, adicionarmos uma quantidade extra de peixes.

O mundo também é capaz de suprir as necessidades do homem, sempre foi. Em toda a história da humanindade, foi somente após a revolução industrial que passamos a ter grandes problemas ambientais! por que? Por que a população cresceu demais, e hoje causamos impactos num ritmo que o planeta não consegue absorver. É como se o planeta virasse um aquário superlotado.

Para mim, os problemas ambientais só terão fim quando adequarmos a população humana à capacidade que o planeta possui para nos manter vivendo, acima de tudo, confortavelmente aqui na terra. Antigamente os nativos da américa do sul, poderiam comer até uma arara azul no almoço sem ameaçar de extinção a espécie. Hoje a coisa é diferente!


* Rafael Abreu é biólogo e escreve no site www.vaidigitando.com

Envie seu comentário



Imagem de segurança

Últimos podcasts Veja mais podcasts