Arquivo de Agosto de 2011 - Blog - Interatividade - Fundação Bunge
Texto

Interatividade

Blog da Fundação

Arquivo de Agosto de 2011

Importância da memória para a gestão das empresas no século XX e século XXI


Publicado em 29/08/11 às 10h30 envie a um amigoenvie para um amigo

Em cenários estáveis, quando empresas eram definidas e gerenciadas como máquina, a memória empresarial era importante para o registro da história, para guardar e repetir; porque a estabilidade do cenário garantia que o futuro seria a projeção do passado. Era nice to have. Foi assim até o final do século XX.

Cenários instáveis e imprevistos impõem a competência da adaptabilidade ágil para as organizações garantirem sua perenidade, isto é, quando o futuro deixou de ser a projeção do passado, a memória empresarial tem que ir além do registro do passado e garantir uma consciência de identidade da empresa como um sistema vivo em evolução, que aprende e se adapta ao longo do tempo. É um must have.

Assim, memória empresarial no século XXI passa a ser garantia de continuidade e mudança, como a memória humana: uma relação no tempo que gera uma identidade viva capaz de se atualizar rapidamente em cenários novos e imprevistos, competência estratégica que tem impacto enorme no valor de mercado da organização, porque isso significa que ela tem condições de dar garantias de entregas futuras em cenário de futuro incerto.

Tempo e memória não tem importância estratégica para empresas-máquinas. Mas são vitais para empresas-sistemas vivos.

Por Ricardo Guimarães, presidente da Thymus Branding e reconhecido como pioneiro do conceito de Branding como abordagem de gestão para empresas em mercados em constante mudança.

Páginas - 1


Perfil

No Blog da Fundação Bunge compartilhamos opiniões, experiências e ideias. Participe você também, expondo opiniões e alimentando ideias.

Os textos publicados no Blog da Fundação refletem a opinião de seus autores.

Arquivo