Arquivo de Abril de 2010 - Blog - Interatividade - Fundação Bunge
Texto

Interatividade

Blog da Fundação

Arquivo de Abril de 2010

Saúde Pública e Medicina Preventiva


Publicado em 28/04/10 às 11h45 envie a um amigoenvie para um amigo

O Prêmio Fundação Bunge, ao longo de sua existência, tem incentivado o desenvolvimento das ciências, letras e artes, laureando personalidades que pelo conjunto dos seus trabalhos tenham contribuído para o engrandecimento das seis áreas do saber: I) Ciências Biológicas, Ecológicas e da Saúde; II) Ciências Exatas e Tecnológicas; III) Ciências Agrárias; IV) Ciências Humanas e Sociais; V) Letras e; VI) Artes. Na galeria dos premiados figuram cento e cinqüenta e nove brasileiros que contribuíram para a melhoria da qualidade de vida e que por isso mesmo despertam a auto-estima de todos nós.

O incentivo em 2010 foi destinado a uma das áreas em que o povo brasileiro é mais carente: Saúde Pública e Medicina Preventiva. São áreas que tem enorme impacto na vida de todos nós, notadamente, nas camadas sociais mais desprovidas de recursos. A saúde é fundamental para a qualidade de vida e para o desenvolvimento do ser humano. As Universidades Públicas e Privadas e as Instituições convidadas a indicar personalidades que tenham contribuído para o engrandecimento dessas áreas são parceiras e ajudarão o Grande Júri da Fundação Bunge a entregar a láurea de 2010 a um brasileiro do qual todos nós nos orgulharemos. 

Por Ruy Martins Altenfelder Silva, Curador dos Prêmios Fundação Bunge

Lixo eletrônico: uma paisagem do futuro?


Publicado em 01/04/10 às 14h45 envie a um amigoenvie para um amigo
Responda rápido: você descarta adequadamente as pilhas dos eletrônicos da sua casa? Quando troca de celular, procura um local de descarte apropriado? Se suas respostas foram positivas, você é uma exceção. Ultimamente, muitos estudos têm sido realizados sobre o problema do ‘lixo eletrônico‘ produzido no mundo. E o cenário é preocupante. 
 
O Brasil é o mercado emergente que gera o maior volume de lixo eletrônico per capita a cada ano. A China é o segundo maior produtor do mundo (2,3 milhões de toneladas ao ano), atrás apenas dos Estados Unidos. O alerta** é da ONU, que lançou seu primeiro relatório sobre o tema e advertiu que o Brasil não possui sequer uma estratégia para lidar com o fenômeno.
 
Recentemente, sob a forma de protesto, cidadãos britânicos criaram um boneco de sete metros de altura baseado em uma curiosa “estrutura física”: celulares, videogames, eletrodomésticos, computadores e outros tipos de lixo eletrônico. O peso da escultura, apelidada de “Homem de Lixo”, é de 3,3 toneladas. Imaginem toda essa sucata cibernética sendo despejada em lixos comuns – o mal que faria às nossas vidas e ao meio ambiente!
 
Temos que buscar alternativas para conviver com essa nova realidade. Devemos cada vez mais apoiar o incentivo à pesquisa e ao desenvolvimento de novas tecnologias, cobrando sempre que seus processos sejam pensados como um todo, inclusive o seu “fim”. Caso contrário, vai ser drástico viver num mundo cuja paisagem de nossa janela sejam montanhas de resíduos tóxicos.

Sugestão de Leitura
Para mais informações sobre o lixo eletrônico, veja matéria completa divulgada no Jornal Cidadania, edição 52
 
**O estudo realizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma).
 
 
Por Anna Barcelos, coordenadora de Comunicação da Fundação Bunge
Páginas - 1


Perfil

No Blog da Fundação Bunge compartilhamos opiniões, experiências e ideias. Participe você também, expondo opiniões e alimentando ideias.

Os textos publicados no Blog da Fundação refletem a opinião de seus autores.

Arquivo